Vamos entender um pouco da diferença entre armazenamento na nuvem e backup na nuvem.

Atualmente é muito provável que você já utilize algum serviço de armazenamento em nuvem, podemos ter como exemplo o OneDrive da Microsoft, o Google Drive e o Dropbox. Esses são alguns serviços de armazenamento em nuvem que você pode deixar seus arquivos salvos e acessar de qualquer lugar que tenha Internet.

Isso substitui uma prática mais antiga de ter que enviar um email para você mesmo com um arquivo anexado para não perder.

Além da possibilidade de acessar de qualquer lugar, é também possível compartilhar os arquivos com outras pessoas para montar um grupo de trabalho, por exemplo.

Mas vamos lá: o que é armazenamento em nuvem?

É o que o próprio nome já diz, um serviço destinado para salvar os arquivos, protegendo-os contra problemas físicos no seu computador, como problemas no HD, falta de backup, formatação, corrompimento etc.

Então, aderindo a esse serviço, você pode salvar seus arquivos na Internet, em um local somente seu, podendo ser acessado pelo seu computador, tablet ou celular.

Algumas empresas já trabalham com alguns colaboradores com os arquivos na nuvem.

Dessa forma você pode liberar espaço no seu computador e ter os arquivos armazenados em um servidor na nuvem, pois o serviço estará sempre disponível em plataformas personalizáveis.

E o backup em nuvem?

O backup na nuvem é um pouco diferente do armazenamento, mas segue uma linha semelhante.

O backup na nuvem cria uma cópia dos arquivos, geralmente de forma programada, deixando-os os salvos contra qualquer tipo de acidente. Os arquivos ficam salvos em um local escolhido em serviço destinado a isso. Podemos entender que o backup na nuvem é uma cópia de segurança dos arquivos.

As rotinas, denominadas “Jobs”, executam o backup programado que pode ser diário, semanal, mensal ou anual.

Essa é uma prática mais adotada por empresas.

Vamos supor que houve um problema em um computador onde foram perdidas várias planilhas importantes.

Quando isso acontece, o responsável pelo backup acessa a última rotina de backup executada e restaura os arquivos para o local onde estavam, evitando maiores transtornos. Não será mais necessário refazer essas planilhas pois existem as cópias delas na nuvem, não havendo retrabalho.

Uma outra vantagem para as empresas é que os dados salvos na nuvem ficam mais seguros do que se estivem dentro de um servidor da própria companhia.

A Internet é a ponte para os arquivos estarem salvos no serviço de backup em nuvem, estes arquivos são criptografados e só o responsável que possui a senha pode manusear os dados.

A sua empresa já utiliza alguma dessas facilidades?

Para uma avaliação do que seria melhor para o seu negócio, conte com a análise de um especialista da W9 para verificar qual solução se aplica para a segurança dos dados da sua empresa.

Somos especialistas em Infraestrutura de TI e Desenvolvimento WEB

Receba nossas novidades

Dicas e novidades em TI para produtividade e mais vendas

Matérias relacionadas

Investir em um site? Por quê?

Para responder essa pergunta, primeiro vamos traduzir a palavra “site” que, em português quer dizer “lugar”. Então, já podemos entender que um site é o seu lugar na Internet. É a porta de entrada da sua empresa na rede de computadores. A partir do momento que sua...

Trabalho Remoto, Coronavírus e Segurança de TI

Por conta da pandemia do Coronavírus muitas empresas combinaram com seus colaboradores o trabalho remoto para ajudar a não agravar a situação relacionada ao vírus. Empresas ao redor do mundo se adaptaram ao Home Office e mesmo no Brasil, onde a prática do Home Office...

Microsoft volta a atualizar o Windows 7

Microsoft volta a atualizar o Windows 7 Mesmo com o fim do suporte ao Windows 7 em janeiro de 2020, a Microsoft viu a necessidade de realizar uma atualização emergencial no antigo sistema operacional. A empresa lançou um patch para o Windows 7 direcionado a corrigir...