(47) 3522-6664

A rede corporativa tem sido uma preocupação constante na vida de gestores e diretores. Isso porque, assim como a tecnologia avança na mobilidade dos dispositivos e soluções on-line, os crimes virtuais também têm aumentado nos últimos anos e os dados da sua empresa precisam de proteção constante.

E boa parte dessas ações tem o foco na espionagem da rede corporativa e coleta de informações confidenciais, desde os dados financeiros até as estratégias de mercado que serão usadas pelas empresas.

Você sabia?

A maioria deve imaginar que essas coisas acontecem apenas com grandes corporações, que movimentam muito dinheiro, não é? Pois saiba que pelo menos 1/3 dos ataques de hackers e vírus são voltados para as chamadas pequenas e médias empresas (PMEs), que tenham até 250 funcionários.

Veja abaixo 5 passos para você proteger sua rede:

1) Proteção de Firewall

firewall

Aplicação vinculada a uma rede de computadores para bloquear ou liberar o tráfego de determinados dados, alguns websites inseguros e não autorizados.

O nível de segurança fica muito maior, de forma que seus funcionários não serão capazes de entrar em ambientes virtuais estranhos.

2) Faça backups dos dados e sistemas

O armazenamento eletrônico de cópias dos documentos e dados da organização é um excelente recurso para evitar a queda de performance e a lesão de informações decisivas para o trabalho.

Os dados podem ser perdidos por causa de vírus na rede corporativa, ataques de hackers e outras ações cibernéticas, mas também podem ter origem em avarias físicas de hardware e erros humanos de sua equipe. Sendo assim: o backup significa uma arma importante em qualquer situação.

Sua empresa pode adotar recursos de armazenamento e backup em cloud (nuvem). Uma solução que vem ganhando espaço e vem se mostrando muito eficiente em segurança e performance.

3) Controle os acessos e política de senhas

senha-seguranca

Um sistema que exige nome de usuário e senhas é uma das melhores opções para proteger os computadores de uma rede corporativa e, principalmente, o acervo de documentos eletrônicos e seus bancos de dados.

Assim, o uso de seus softwares e de suas soluções de TI só serão permitidas aos funcionários que comprovem sua identificação de forma eletrônica por meio de chaves de acesso.

4) Antivírus corporativo

A melhor forma de se defender dos softwares maliciosos que infectam seu sistema é utilizando um antivírus de alta qualidade e específico para rede corporativa. Quando um computador da empresa é infectado, pode passar os vírus em cadeia para os outros dispositivos com os quais está conectado e provocar muitos problemas em sequência. Nós da W9, recomendamos a contratação de um antivírus  próprio para redes corporativa.

5) Sistema AntiSpam

Muitas atividades maliciosas podem vir de spams na caixa de correios eletrônicos. Crie uma política de aproveitamento de e-mails corporativos e eduque seus funcionários para que não cliquem nos links de e-mails desconhecidos. Use também um programa AntiSpam para reforçar está proteção.

Os ataques de hackers, vírus e invasões cibernéticas não só criam situações complicadas de roubos de dados ou das estratégias da empresa, mas também prejudicam o desempenho da equipe, já que podem danificar alguns arquivos eletrônicos e deixar computadores mais lentos.

Fonte: Starti